Gestão consciente: encare a realidade.

Gestão consciente: encare a realidade

Talvez uma das palavras mais faladas no meio corporativo é “Gestão”. Esta palavra tão popular nos dias atuais tem sua etimologia no latim “gestio“, que significa “ação de administrar, de dirigir, gerência, gestão”.

Jack Welch, presidente da GE, deixou um legado importantíssimo para o que chamamos de “Gestão”, revolucionando a maneira de administrar a empresa mais competitiva do mundo. Entenda algo muito importante nesta história: quando Jack, como gostava de ser chamado pela sua equipe, aos 45 anos assumiu a presidência da GE, esta empresa já carregava a responsabilidade da empresa mais competitiva do mundo. Agora imagine você assumindo o comando de uma cia com este reconhecimento. Talvez você adotasse uma direção estratégica de manter as ações e políticas atuais, pois como falamos no dito popular “em time que está ganhando não se mexe”. Mas não foi assim que Jack enxergou a GE. Jack provocou a maior revolução na maneira de gerir esta big company. Ele simplesmente entendeu o significado da palavra “gestão” – AÇÃO.

Um dos maiores legados deixados pelo Jack para um gestor de empresas é que devemos encarar a realidade dos fatos. Tudo caminhava bem na GE, mas os preços das ações demonstravam queda, e pior, a linha de tendência acentuava este comportamento. Assim, ele teve que iniciar um plano de reversão desta tendência, que para muitos, inclusive os acionistas, foi impopular e arriscado.

O ônus de encarar a realidade é ter que falar e fazer coisas impopulares, que a maioria não compreenderá, mas que somente o verdadeiro gestor tem a visão e a coragem de assumir e realizar. É assumir riscos que maioria não assumiria. Gosto de citar uma das frases de Einstein quando diz sobre o princípio da insanidade, que resume-se a desejar resultados diferentes colocando em prática as mesmas ações. Isto é uma insanidade mesmo!

Provavelmente se Jack não tivesse a coragem de tomar decisões impopulares, hoje não o teríamos como um líder que deixou um legado, e principalmente, transformou a sua realidade presente.

Encare a realidade da sua empresa, da sua vida, e tome decisões que mudam a direção, a tendência dos resultados. Ninguém irá fazer por você, até porque o ser humano busca áreas de conforto, e não de desconforto. Mas posso te garantir que as decisões que geram desconforto provocarão o estado de latência da sua empresa, da sua vida, e certamente novos resultados virão e serão extremamente positivos e recompensarão o desconforto da impopularidade e o medo de errar.

Sucesso e uma excelente gestão!

Compartilhar nas Redes Sociais
Comments are closed.