Qual é o seu diferencial?

Qual é o seu diferencial?

Você está sempre tentando atrair clientes que deveriam estar fazendo negócios com você e não com o seus concorrentes?

Se você tem certeza que há um diferencial ou diferenciais no seu produto ou serviço, e não está alcançando resultados compatíveis, as metas de vendas não são atingidas, há necessidade de uma “parada” estratégica.

Muitas vezes desconhecemos as motivações, os sentimentos das nossas equipes de trabalho. Os fatores externos influenciam os resultados das nossas equipes, principalmente a equipe de vendas. Contudo, precisamos compreender muito bem os fatores internos que tem potencializado os resultados abaixo do esperado. Muitas empresas tem tido resultados ruins em vendas porque desconhecem as “barreiras” mentais e físicas que tem impedido que metas sejam alcançadas e ultrapassadas.

Em experiências anteriores com equipes de vendas, constatamos que quando entendemos estas “barreiras”, e colocamos um plano de ações para derrubá-las, alcançamos resultados na ordem de 20 a 25% superiores. Na maioria das vezes as “barreiras” que impedem resultados superiores são possíveis de solução e com baixo custo.

Muitas empresas investem pesadamente em desenvolvimento de produtos, destacando seus diferenciais e atributos, mas esquecem de investir nas suas equipes, principalmente a de vendas. Entregamos estes maravilhosos produtos ou serviços nas mãos de profissionais que estão com “barreiras” mentais de ordem técnica, emocional, ética, e vão ao mercado diante dos nossos clientes ou potenciais clientes, com fragilidades e limitações percebidas na maioria das vezes por eles – clientes.

Não seja conhecido apenas pelos diferenciais dos produtos e serviços que a sua empresa comercializa, mas igualmente pelas pessoas que participaram e participam destes diferenciais. Identifique estas “barreiras” e trace um plano de ações, e você alcançará resultados muito interessantes, principalmente neste tempo de retração econômica.

Boa sorte!

Luís Zanon

Consultor Sênior

Compartilhar nas Redes Sociais
Comments are closed.